quarta-feira, 11 de março de 2009

“Faça uma lista de tudo que não gosta e, logo, tire de sua vida. Seja quem você é. E depois verá que não é tão ruim assim a realidade. Tire a bagagem de sobra. A viagem é longa, carregar não te deixar olhar mais adiante. Mergulhe de cabeça. Não siga modas. Daqui a dez anos vai morrer de vergonha por ter feito isso. Deixa que te partam o coração. Apaixone-se, desapaixone-se, erga a cabeça no final de tudo. Talvez haja um amor verdadeiro. Talvez não. Encontre. Dance. Divirta-se. Faça amigos. Liberte-se. Tenha coragem. Experimente. Arrisque. Viva. Ninguém pode te impedir.Erre. Mude. Tente. Falhe. Reinvente. Mande tudo pra longe, e comece de novo sempre que necessário. Realmente, nada acontece. Especialmente se você não fizer nada.Experimente outros sabores de sorvete, de cerveja, outra pasta de dente. Coma frutas e verduras.Pegue o carro um dia, e não pare até que a gasolina acabe. Crie uma banda. Tenha aulas de dança. Aprenda italiano. Invente outro nome. Use mais sua bicicleta. Perdoe. Esqueça. Deixe ir. Decida o que e quem é indispensável. É muito difícil fazer amigos de verdade, aqueles que sabem quem realmente você é sem a necessidade de explicar. Estes são seus amigos. Cuide e mantenha-os perto. Saiba que você não sabe quase nada. Mas não existe um exame final nessa escola, nem qualificações. No fundo, não há nada o que fazer. Sempre terás dezoito, porque se é jovem apenas uma vez, mas imaturo para sempre.Bem vindo a sua vida.”

5 comentários:

Laurinha disse...

"muito difícil fazer amigos de verdade, aqueles que sabem quem realmente você é sem a necessidade de explicar"
preciso explicar? nahh né..
huehuhauheuheuhe

Mariana Barreto disse...

só olhar já ta tudo entendido!
quer coisa melhor q isso?
ahhhh n tem!
hahahahahha

Mariana Barreto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ricardo Leitão disse...

Eu então.. melhor nem falar nada né..

Beijos

Mariana Barreto disse...

não precisa explicar....