quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Homens da minha vida...

Tava salvando aqui umas coisas no pc do quarto, arrumando uns arquivos pra passar pro note e aquela coisa toda, e achei vários textos antigos, muitos que eu nunca publiquei, alguns escritos antes de eu ter o blog e por ai vai....
Bom mas resumindo (porque preciso ir pra cama), achei um texto que devo ter escrito faz um ano, um ano e meio, por aí... to com preguiça de olhar no arquivo agora...
Eu cheguei a publica-lo, mas a pedidos e para evitar brigas na epoca resolvi tirar ele de circulação. Como hoje ele só faz parte de um passado distante ( LE BEM PASSADO DISTANTE), não tem pq deixar de publicar. Recordar é viver né? Ta aí o texto:


Eu já me apaixonei perdidamente várias vezes. A primeira vez foi pelo meu primeiro namorado. Eu tinha 16 anos de idade e ele tinha 15. Na época, eu ficava arrasadíssima porque esse um ano realmente o tornavam uma pessoa mais nova que eu. Ele era uma série abaixo da minha por causa desse maldito um ano. E tudo era ele. Eu queria ir às festas que ele ia. Eu queria ir pro sítio onde ele jogava futebol. Eu queria freqüentar a mesma praia. Meu Deus, eu nunca conheci ninguém tão gente boa como o Cá..!

Eram os mesmos amigos, a mesma turma, a minha melhor amiga (A Preta) namorava o melhor amigo dele, nossa que fase maravilhosa! Ele era surfista, tinha a voz grossa e mesmo sendo mais novo que eu parecei uns cinco anos mais velho.Ele era descolado! Tinha 16 anos e andava de carro sem carteira de habilitação. Bebia até cair, em todas as festas. Tinha mais nicotina no pulmão do que sei lá o que. Eu odiava isso tudo mas, ainda assim, o amava.A paixão virou amor, e foram 4 anos lindos, viagens para todos os lugares, longas esperas na beira da praia tirando fotos dele surfando, longos dias bebendo na beira da piscina com a Laura, fotos e fotos. Uma das melhores pessoas que eu conheci até hj, libriano como eu, nunca tinha brigas, nunca tinha stress. Amava tudo que eu amava, dei pra ele até um cachorrinho(que eu sinto uma falta enorme), ele amava o meu cachorro, amava a minha casa, me irritava dormindo nos filmes de terror q eu locava, me estressava querendo SEMPRE ir pra praia, mas era tudo mto bom! Como tudo, teve um fim, acho que o fim foi bem mais tranqüilo pra mim do que pra ele, infelizmente.

Daí, no alto dos meus 21 anos de idade, veio o segundo namorado. Um cidadão da minha idade. Conheci-o em uma viagem para fzer compras em rivera, ele tinha um jeito que me apaixonei na hora, um jeito nem ai, nem ai pra mim nem pra ng naquela festa, era amigo de uma amiga em comum e nós saímos de noite e só via ele na festa, só queria ele, até que do nada ele me puxou e me jogou em uma parede, ahhh o jeito que ele tinha de me puxar era algo de outro mundo, o beijo dele era maravilhoso, um dos caras mais inteligentes que eu conheci, o Sr hacker, resolvia tudo pra mim, me entendia como ng, era super ciumento e o que o primeiro relacionamento não tinha de brigas, esse tinha! Brigávamos por tudo, mas depois nos acertávamos como ng, ele morava sozinho como eu, foram 6 meses mto bem aproveitados e hj ele é um amigo maravilhoso, não tenho o que reclamar.
Depois com 22 , veio o terceiro namorado. O Gian era o cara mais velho, o mais popular. Andava de carro tunado e eu achava aquilo o máximo. Ele saia cmg e mais umas 5 e mesmo assim eu era apaixonada por ele. O jeito que ele me chamava de amor me dava calafrios na espinha. O jeito que ele dirigia o carro fazia meu coração ir de zero a 100 em seis segundos. O jeito que ele saia cmg e depois sumia, fazia querê-lo ainda mais. Um dia o jogo acabou e começamos a namorar. Nunca vi leonino mais leonino que esse, foi uma paixão avassaladora, vivíamos grudados, nunca passamos um dia sequer sem nos ver, acho que foi o homem que eu mais amei, ele me protegia, me cuidava, me buscava onde eu precisasse, me desacostumou a dirigir como nenhum outro, sempre com um sorriso lindo no rosto, ele tinha 300 mulheres atrás mas era eu quem ele babava, foi o homem que mais me elogiou, que mais fez eu pensar sobre a vida e acreditar que amar as vezes é mto bom. Mas ele queria uma vida mto diferente da minha, depois de um ano seguimos caminhos cada vez mais distantes e um dia eu acordei na casa dele e vi que aquele seria o ultimo dia, e eu sofri mto, chorei mto, eu queria tanto poder ta do lado dele mas a razão foi maior e me dizia que não era a hora! Um dia tudo passou, eu percebi que o amor se transformava em carinho e hoje ele continua sendo aquela pessoa tão especial, só que como um amigo, que eu vou querer sempre o bem, apesar de ele brigar cmg, de falar que to seguindo o caminho errado e tudo aquilo! Sei que ele quer minha felicidade e eu a dele, seja como for o e com quem for, e eu sei que ele deseja o mesmo pra mim...

Depois veio um outro, não foi namorado, foi uma relação tão intensa quanto, mas não foi! Ele foi meu amigo, meu confidente, meu namorado, meu companheiro, não sei como caracterizar essa pessoa, era uns anos mais novo e sempre me conheceu muito bem, um dia a gente se envolveu e depois daquilo não paramos de nos ver, mas como duas pessoas que tiveram relacionamentos complicados poderiam querer se envolver tão rápido??? Pois é, o medo foi maior e nos distanciamos, pra ser sincera ele se distanciou, precisava aproveitar a vida, e eu sofri, eu via ele em toda a minha casa, precisava dele, sentia a falta e já nem queria saber mais saber com quem ele ficava pq me incomodava tanto que eu preferia me enganar, eu idealizei ele perfeito! Depois desse vieram alguns, veio um que foi uma companhia agradável d+ mais que não rolava paixão, essas coisas a gente não escolhe né?? E um dia eu tava feliz, curada, sem nda no coração e não é que o sumido resolve aparecer? Pois é, fiz o teste e descobri que o único pé na bunda que eu levei na vida(o dele) fez eu ficar burra e ter alucinações!!! Resolvi encontrar ele, e??? E nada....não consegui nem ficar com o cara,parecia ser outra pessoa, o carinho, o cheiro do cabelo, o jeito de falar, o papo, tudo era mto chato!! Preferia ainda assim ter ficado com ilusão de que ele era perfeito, foi uma desilusão.

Fora esses, ainda vieram vários caras perfeitos.... Mas só hoje eu percebo que o tal homem perfeito não existe a não ser na cabeça da gente. O Cássio? Não passava de um surfista que queria morar na beira da praia, enquanto eu queria viajar a Europa.O Segundo? Um viciado em trabalho que infernizava minha vida e não me deixava fzer nda. O Gian? Não passava de um menino riquinho e mimado...Ah, e aquele carro rebaixado dele era o fim.O último? Era um adolescente rebelde sem causa, sem documento e sem um pai que o parasse

Tudo é perfeito quando a gente está apaixonado. Ninguém tem defeito. A distância não importa. A sogra é gente boa. O cunhado é “parceiro”. A gente sai de casa cansado depois do trabalho. A gente freqüenta festa de tia-avó achando ótimo. Aquele tênis verde arregalado que o cidadão usa é lindo. Aquela camiseta regata realça os braços fortes dele. Tudo é lindo. Até que o tempo passa e você percebe que o trajeto de 500km da cidade dele até a sua tá foda de agüentar. Que a passagem de avião é muito cara pra você ir toda semana. Que num ônibus você não entra nem amarrada. A sogra é uma amélia. O cunhado é um mala. Você está muito cansado sexta-feira à noite e sair que nada! Você acha que a tia-avó já passou da idade de partir dessa pra melhor. Aquele tênis verde arregalado deve ser coisa de camelô porque não existe nada mais brega no mundo e, pelamordedeus, o que é aquela regata??? De onde ele tirou que pode usar regata, ainda mais com aqueles braços brancos da cor da parede da sua casa?

Dizem que o amor é cego, mas não é, não. A paixão é que é. A paixão deixa a gente meio idiota mesmo. Depois vem o tempo, joga um balde de água e coloca um par de óculos na cara da gente e a gente começa a enxergar as coisas do jeito que elas realmente são. Acho que quero me apaixonar pra sempre. Passar um tempo idiota e voltar ao normal. Idiota. Normal. Idiota. Normal. Idiota. Normal. Idiota. Normal. Idiota. Normal. Só espero que eu termine a jornada normal. Ah, não! Quero terminar idiota!

.............::::::::::::::::::..............

Devo lembrar, mais uma vez, que os textos aqui publicados são obras de ficção. No entanto, qualquer semelhança com a realidade não terá sido mera coincidência!



6 comentários:

Mariana Barreto disse...

Perdão pelos vários erros de português que achei lendo agora, se der arrumo dps, se não vcs entendem assim mesmo!
Boa noite
Beijos

Anônimo disse...

putz..eu queria tanto comentar esse!!!
hahahhaha
agora já era!
palavra é palavra!

só uma coisinha, um última comentári, JURO!!!
que falta faz uma referência masculina na tua vida né???

beijossss

Mariana Barreto disse...

Enorme a falta, nem te conto.. depois desse teu cometário venho até a achar que meu namorado é mulher e não homem...
Ou será que tu ou tua fake Anna querem investigar pra mim? Já que tenta tanto atacar o coitado.
Aliás aquela foto d fake tá de morrer de rir,e aquele email..pelo amor de Deus!!!
O cara ter que te boquear no orkut, msn até celular pra ver se tu desaparece é vergonhoso né!
Por isso que eu te falo tente ter uma vida norma.....
tu consegue!
Acredito em ti!

anonimo disse...

Desculpe a demora, mas era necessário!!! heheheheh



Até que em fim, chegamos onde eu, para todos os efeitos tu, queria !!! ahahahahah



Tu sabes muito bem a que figura masculina estou me refirindo. Bom, mas deixa para lá!

A linguagem da internet é tão mal compreendida... Hehehehehehe ... Olha os analfabetos funcionais!!!!

As máquinas são fácies de adequar ao que queremos (e nem é necessário ser hacker para conseguir isso), difícil é adequar as reações das pessoas, mas nesse ponto as tuas foram as mais simples de manipular, o que me facilitou bastante hhahahahahah...

Quem eu sou ?? ãh...ãh

É engraçado como as pessoas só enxergam o que querem enxergar e nessas certezas criadas se revelam os maiores desejos...

Ainda bem que não distruístes o poder das minhas artimanhas, que aqui não te vedastes a ânsia de dizer o que a cabeça ainda não sabia, pq alguém foi atingido pela falta do teu silêncio.

Sabe quem ??? heheheheheh... Biiinnngo!!!

Quando só enxergamos nosso próprio umbigo, quando nos importamos apenas com nosso próprio egocentrismo, somos incapazes de olhar as coisas por outro ângulo e nos tornamos presas fáceis daqueles que nos fazem acreditar em atmosferas que massageiem nosso ego...

Porque tu querida, nunca foi o alvo. Nem tu, nem qq outra pessoa que tenha imaginado. Foste só o meio, SÓ O MEIO, para eu conseguir o que queria!!!!

Atingido o objetivo, até nunca mais!!

A partir de agora escreva o que quiser, de quem quiser, como quiser, com a certeza de que não digitarei nem um pontinho, nem uma virgula....NADA!!!

Nem chegarei a entrar aqui, porque, baby, não tem nada no teu dia ou rotina, nas tuas reclamações, relatos, declaraçoes ou desabafos que me interesse, embora também admita que escreves muito bem e muitos dos teus textos me foram inspiradores.

Obrigada. Me diverti bastante, consegui o que queria, mas agora.... FUI !!!!

anonimo disse...

Desculpe a demora, mas era necessário!!! heheheheh



Até que em fim, chegamos onde eu, para todos os efeitos tu, queria !!! ahahahahah



Tu sabes muito bem a que figura masculina estou me refirindo. Bom, mas deixa para lá!

A linguagem da internet é tão mal compreendida... Hehehehehehe ... Olha os analfabetos funcionais!!!!

As máquinas são fácies de adequar ao que queremos (e nem é necessário ser hacker para conseguir isso), difícil é adequar as reações das pessoas, mas nesse ponto as tuas foram as mais simples de manipular, o que me facilitou bastante hhahahahahah...

Quem eu sou ?? ãh...ãh

É engraçado como as pessoas só enxergam o que querem enxergar e nessas certezas criadas se revelam os maiores desejos...

Ainda bem que não distruístes o poder das minhas artimanhas, que aqui não te vedastes a ânsia de dizer o que a cabeça ainda não sabia, pq alguém foi atingido pela falta do teu silêncio.

Sabe quem ??? heheheheheh... Biiinnngo!!!

Quando só enxergamos nosso próprio umbigo, quando nos importamos apenas com nosso próprio egocentrismo, somos incapazes de olhar as coisas por outro ângulo e nos tornamos presas fáceis daqueles que nos fazem acreditar em atmosferas que massageiem nosso ego...

Porque tu querida, nunca foi o alvo. Nem tu, nem qq outra pessoa que tenha imaginado. Foste só o meio, SÓ O MEIO, para eu conseguir o que queria!!!!

Atingido o objetivo, até nunca mais!!

A partir de agora escreva o que quiser, de quem quiser, como quiser, com a certeza de que não digitarei nem um pontinho, nem uma virgula....NADA!!!

Nem chegarei a entrar aqui, porque, baby, não tem nada no teu dia ou rotina, nas tuas reclamações, relatos, declaraçoes ou desabafos que me interesse, embora também admita que escreves muito bem e muitos dos teus textos me foram inspiradores.

Obrigada. Me diverti bastante, consegui o que queria, mas agora.... FUI !!!!

anonimo disse...

esqueci....
201.47.206.213