domingo, 13 de setembro de 2009

ponto final.

E eu que pensei que isso não iria passar,hoje não te quero mais. Se o tempo cura todas coisas eu não sei,mas ele te levou pra longe de mim sem que eu percebesse, no final não foram as brigas que te afastaram, foi simplesmente a falta que ficou grande demais.Talvez eu devesse pedir desculpas pela minha insistência nessa história, mas agora eu só consigo pedir silencio, hoje nada mais precisa ser dito, não tivemos se quer um inicio,mas eu sei que já chegou ao fim.Não posso dizer que me sinto feliz por isso, mas com certeza não sinto tristeza também, é um mesclado de vazio e nada, que me perguntam o porque de ter deixado chegar até aqui, é a covardia que não te quer mais nem como amigo, e pede distancia, mas não por medo, sim pela grande preguiça de ter que me explicar.Peço que nos dois nos esqueçamos dessa grande perca de tempo, que eu deixei se arrastar até aqui, porque precisava de algo pra desejar nas horas vagas, mas hoje como todos os outros virou somente palavras.Sinto muito não dizer nada de bom sobre isso, mas tudo que eu sinto agora é vazio, e a vontade que escorre por todos os lados de fingir que nunca aconteceu. Também sinto que nem no fim,você consiga ser palavras bonitas pra mim, mas te garanto que durante todo esse tempo você foi a parte mais excitante da minha vida, e eu sei que era só isso que você realmente gostaria de ser pra nós dois.

Um comentário:

Mariana Barreto disse...

Vou somente fazer um pedido, sei que o blog é público, adoro que as pessoas venham aqui ler o que escrevemos!
Mas acho desnecessário e extremamente infantil pessoas que vem ate aqui para criticar ou ofendar os membros do blog, ou um texto.
Vamos deixar claro, que todos tem a liberdade de pensar o que quiser e para isso podem criar seus próprios blogs e colocarem as suas idéias. Quem sabe os sentimentos, como inveja, que essas pessoas tem fica mais amenizado.
Ah, e realmente uma pessoa que ache que um blog é para mandar indiretas tem que amadurecer mto ainda.
Obrigada e continuem lendo!